segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Festa da Nossa Senhora da Conceição



O Centro de Nossa Senhora da Conceição publicou no dia 28 deste mês, mais um Boletim Informativo, que divulgamos aqui com muito prazer.
Todos os Centros da Paróquia fazem parte deste humilde espaço, só precisamos que nos façam chegar as informações.

Não percam a Festa em honra da Imaculada Conceição. Com inicio na dia 1 de Dezembro e prolongando-se até ao dia 8 de Dezembro veja o programa no Boletim ou na Imagem

Parabéns ao Centro de Nª Sª Da Conceição pela publicação do Boletim que traz noticias importantes e esta elaborado com muito qualidade.
Leia AQUI O Boletim

sábado, 27 de novembro de 2010

1º Domingo do Advento

Caminhada do Advento 2010

REFLEXÃO:
"A liturgia deste 1º Domingo do Advento, apresenta um apelo veemente à vigilância.
O cristão não deve instalar-se no comodismo, na passividade, no desleixo, na rotina; mas deve caminhar, sempre atento e sempre vigilante, preparado para acolher o Senhor que vem e para responder aos seus desafios.

A primeira leitura convida os homens – todos os homens, de todas as raças e nações – a dirigirem-se à montanha onde reside o Senhor… É do encontro com o Senhor e com a sua Palavra que resultará um mundo de concórdia, de harmonia, de paz sem fim.

A segunda leitura recomenda aos crentes que despertem da letargia que os mantém presos ao mundo das trevas (o mundo do egoísmo, da injustiça, da mentira, do pecado), que se vistam da luz (a vida de Deus, que Cristo ofereceu a todos) e que caminhem, com alegria e esperança, ao encontro de Jesus, ao encontro da salvação.

O Evangelho apela à vigilância.O crente ideal não vive mergulhado nos prazeres que alienam, nem se deixa sufocar pelo trabalho excessivo, nem adormece numa passividade que lhe rouba as oportunidades; o crente ideal está, em cada minuto que passa, atento e vigilante, acolhendo o Senhor que vem, respondendo aos seus desafios, cumprindo o seu papel, empenhando-se na construção do “Reino”. "

IN: Conferencia...

Oração de Isaias!

O meu povo andava mal.
Esquecia-se de Deus
Trocava com facilidade Deus por aquilo que, de imediato, lhe era mais apetecível.
Os nossos reis foram os primeiros a dar mau exemplo. Foram infiéis a Aliança. Adoravam toda a espécie de divindades e não acreditavam em Deus. Às vezes, dizem que sim, mas quando surgiam dificuldades, as provas, recorriam ao Egipto, à Assíria, aos Babilónios que eram mais poderosos que nós.
Deus estava muito desgostoso com eles.
Eu também estava triste.
Um dia fui ao templo rezar. E o Templo encheu-se da Glória de Deus. Senti-me deveras pequeno e disse:
“Ai de mim, estou perdido, sou um homem de lábios impuros, que habito no meio de um homem de lábios impuros”.
Então um Querubim pegou numa tenaz em brasa, dirigiu-se a mim, tocou com ela nos meus lábios e disse: “a tua culpa foi tirada e apagado o teu pecado”
Foi então que ouvi a voz do Senhor que me perguntou: “Quem enviarei? Quem irá por mim?”.
Eu disse: “Eis-me aqui, envia-me”.
Pois vou enviar-te a este povo duro de coração e surdo à minha Palavra. Estou farto de o suportar. Dele só se aproveita o tronco que é uma semente santa, a seiva que rejuvenesceu o nosso tronco santo.
E passados alguns anos vejo que és Tu Jesus, essa semente santa, o Emanuel, Deus connosco, a Luz das Nações, o Messias de Deus, a nossa Paz.
Vens dar um coração novo a este Povo. Formar um Povo novo que obedeça aos Teus mandamentos.
Como é Grande o Teu amor por nós!
Como é Grande o Santo de Israel!

Do Livro do Advento e Natal - Padre Joaquim Domingos C. Areais - Arrifana/2002

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O Papa fala sobre Santa Catarina de Sena

Cidade do Vaticano, 24 nov (RV) - Hoje, quarta-feira, é dia de Audiência Geral e o Papa encontrou-se com fiéis e peregrinos, na Sala Paulo VI, no Vaticano.

Na catequese de hoje, Bento XVI falou sobre Santa Catarina de Sena, virgem e doutora da Igreja, Padroeira da Itália e da Europa. Santa Catarina nasceu em Sena, na Itália, em 1347, numa família numerosa, e ainda "hoje nos fala e nos impele a caminhar com coragem rumo à santidade para sermos de forma sempre mais plena discípulos do Senhor" – ressaltou o Santo Padre.

Quando a fama de sua santidade se espalhou, foi protagonista de uma intensa atividade de conselho espiritual a todas as categorias de pessoas: nobres e homens políticos, artistas e pessoas do povo, consagrados, eclesiásticos, inclusive o Papa Gregório XI que naquele período residia em Avignon e Catarina o exortou energicamente e com sucesso para que voltasse a Roma. Viajou muito para solicitar a reforma interior da Igreja e favorecer a paz entre os Estados.

Foi grande mística da espiritualidade cristocêntrica. Cristo era para Catarina o esposo, com quem teve uma relação de comunhão e fidelidade. "Convidava sempre os sacerdotes e também o Papa a serem fiéis às suas responsabilidades, sempre e somente movidas pelo amor profundo e constante pela Igreja" - sublinhou Bento XVI.
Santa Catarina faleceu, em Sena, no ano 1380.

A seguir, o Papa fez um resumo de sua catequese em português, saudou os fiéis de língua portuguesa e concedeu a todos a sua bênção apostólica.

Queridos irmãos e irmãs,

Santa Catarina de Sena, terciária dominicana, foi protagonista, no século quatorze, de uma intensa atividade de aconselhamento espiritual para todas as categorias de pessoas, incluindo o Papa, a quem chamava o “doce Cristo na Terra”, e a quem exortou energicamente deixar a Avinhão, para retornar a Roma. No centro da sua religiosidade estava Cristo, descrito com a imagem de uma ponte levantada entre o céu e a terra.

Amados peregrinos vindos do Brasil e de outros países de língua portuguesa, sede bem-vindos! Santa Catarina de Sena ensina que a ciência mais sublime consiste em amar Jesus Cristo e a sua Igreja. Segui o exemplo desta santa, amando Jesus com coragem e sinceridade, para assim alcançardes a paz e a alegria que vêm de Deus. Ide em paz!


terça-feira, 23 de novembro de 2010

Celebração da Luz

A Celebração da Luz do 3º ano da catequese realizou-se no dia 19-11-10 às 21h, na Capela de Santa Luzia. (guião aqui)

Estiveram presentes as 113 crianças e os seus pais, ficamos um pouquinho apertados, porque a belíssima Capela de Santa Luzia, apesar de ser espaçosa, ficou um pouco pequena para tanta gente, mas correu muito bem.

Aproveitamos para agradecer aos responsáveis da Capela que nos receberam com muita simpatia e disponibilidade dando-nos um grande testemunho de comunidade efectiva.

Os pais ofereceram aos filhos o Livrinho “CREIO EM DEUS” um pequenino livro que pode ser um bonito presente para as suas crianças.

Fiz algumas digitações para ajudar a conhecer o livro

sábado, 20 de novembro de 2010

O Livro "JESUS"



Olá amiguinhos neste Advento que está mesmo a chegar, venho propor-te a leitura de um livro muito bonito, escrito, pelo Sr. Padre Adelino, chama-se "JESUS"

Podes encontrar aqui as fichas aqui

domingo, 7 de novembro de 2010

A Alegria de Ser Cristão

Ontem reflectimos na alegria de de ser cristãos porque: "A vida que nos foi dada por Deus jamais nos será tirada. Novas criaturas seremos sem perder nada da nossa identidade. É um Deus de vivos Aquele que amamos e seguimos."

A Eucaristia das 12h onde participaram muitos jovens (em especial o grupo JUAC), os jovens que participaram das Jornadas Missionárias, (deram o seu testemunho e apresentaram à comunidade a placa da nossa Paróquia que esteve no Altar da Eucaristia que o Santo Padre celebrou no Porto) e ainda as crianças do 3º ano da Catequese Pais com Cristo, que se preparam para a sua 1ª Comunhão.

No Evangelho de hoje, Jesus garante que a ressurreição é a realidade que nos espera. No entanto, não vale a pena estar a julgar e a imaginar essa realidade à luz das categorias que marcam a nossa existência finita e limitada neste mundo; a nossa existência de ressuscitados será uma existência plena, total, nova. A forma como isso acontecerá é um mistério; mas a ressurreição é uma certeza absoluta no horizonte do crente.

A 2ª Leitura convidou-nos a manter o diálogo e a comunhão com Deus, enquanto esperamos que chegue a segunda vinda de Cristo e a vida nova que Deus nos reserva. Só com a oração será possível mantermo-nos fiéis ao Evangelho e ter a coragem de anunciar a todos os homens a Boa Nova da salvação
(Catequese Paroquial Constantim)

As fotos seguintes testemunham a nossa alegria

sábado, 6 de novembro de 2010

A grande notícia cristã

Os cristãos têm uma enorme e inaudita novidade a dar ao mundo: - a Vida: - Uma Vida para sempre, em abundância e na plenitude da Alegria.

A Ressurreição de Cristo é a fonte desta Boa Nova. Como Ele ressuscitou, também nós ressuscitamos.

A vida que nos foi dada por Deus jamais nos será tirada. Novas criaturas seremos sem perder nada da nossa identidade. É um Deus de vivos Aquele que amamos e seguimos.