sexta-feira, 22 de julho de 2016

"INTIMIDADE"

“Senhor, ensina-nos a orar,
como João Baptista ensinou também os seus discípulos.” Lc 11, 1

(...)
"É possível fazer cursos de oração e ler obras maravilhosas sobre o mesmo tema. E haverá sempre riqueza na experiência partilhada e reflectida. Mas o melhor da oração é como aprender a nadar: é dentro, mergulhando e vindo à superfície, crescendo na confiança de Deus nos abraçar e amar como somos, algumas vezes caminhando sobre as águas e vencendo o medo, outras, pedindo a Jesus que nos estenda a sua mão. Como tudo o que é importante, só cresce em nós a intimidade com Deus se fazemos como Jesus, e no silêncio e no amor dos outros “estamos com o Pai”!
(...)
Pedir e procurar é um convite que Jesus associa à oração. Quando pedimos e procuramos Deus, abrimo-nos, e o essencial pode revelar-se. Podemos descobrir melhor que “Deus é o Senhor dos impossíveis, mas os possíveis são nossa responsabilidade”! Jesus insistiu para não nos deixarmos dominar pelo medo, assumindo-o como realidade que Ele próprio experimentou. Um medo que não o impediu de amar até ao fim."

IN P Vitor Gonçalves - Jornal Voz da Verdade

Nenhum comentário: