sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Folha Paroquial Domingo 21 de Outubro 2018

Para leres

U -Segunda letra da palavra Eucaristia -Unidade

Na semana passado iniciamos a partilhar de uma proposta resumida do livro "Ficai connosco Senhor" da XXII Semana Biblica Nacional em 2000"
"a proposta ajuda a re-descobrir a E-U-C-A-R-I-S-T-I-A como a maior riqueza da Igreja, o dom maior da Santíssima Trindade.
com a a primeira  letra da palavra Eucaristia  E - ENCARNAÇÃO

Esta semana é a letra U - UNIDADE

A Eucaristia é o Sacramento da Unidade. A celebração começa com esta entusiástica aclamação “Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo”. É significativo que o relato mais antigoda Ceia do Senhor (1 Cor 11,17-34), seja um veemente apelo a uma verdadeira união fraterna.
Toda a Eucaristia é um convite insistente aos discípulos de Cristo a trabalharem para a plena unidade entre eles, para assim responderem ao profundo desejo expresso por Cristo na ultima Ceia “para que todos sejam um só, como Tu, Pai, estas em mim e Eu em Ti; Para que assim eles estejam em Nós e o mundo creia que Tu me enviaste” (Jo 17,20-21)
(…)
No Sermão da Montanha, Jesus avança com esta exigência: “se fores apresentar uma oferta sobre o altar e ali te recordares que o teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa lá a tua oferta diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão, depois volta para apresentares a tua oferta” (Mat 5, 23-24)

Oração
“Olhai benignamente para o vosso povo
, Pai de misericórdia,
E derramai sobre ele os dons do Espirito Santo,
Para que cresça continuamente no amor da verdade
E procure construir, por palavras e obras,
A perfeita unidade dos cristãos.”

(Missal Rimano: pela unidade dos cristãos: pag 1207)

Adoração ao Santissimo na Igreja Paroquial próximo Domingo 21-10

Lausperene de Adoração, Louvor e Prece no Dia Mundial das Missões (dia 21 de outubro)

Com a presença especial das crianças, adolescentes e jovens no início do Ano Catequético e do ANO MISSIONÁRIO
Programa: - Das 13.00 às 13.30 h. – Jovens Gaudete e utentes do Lar de Santa Teresinha.
 - Das 13.30 às 14.00 h. – Crianças do 2º, 4º, 5º e 6º anos do Centro de S. António;
 - Das 14.00 às 14.30 h. – Crianças do 2º, 4º, 5º e 6º anos do Centro de Sta Luzia;
 - Das 14.30 às 15.00 h. – Crianças do 2º, 4º, 5º e 6º anos do Centro da Igreja;
 - Das 15.00 às 15.30 h. – Crianças do 2º, 4º, 5º e 6º anos do Centro de Nª Sª da Conceição;
 - Das 15.30 às 16.00 h. – Adolescentes do 7º, 8º, 9º e 10º anos do Centr Sto António e de Sta Luzia;
 - Das 16.00 às 16.30 h. – Adolescentes do 7º, 8º, 9º e 10º anos do Centro de Igreja e da Srª da Conceição;
 - Das 16.30 às 17.00 h. – Jovens da JMV, JUAC, CNE e Acólitos;
 - Das 17.00 às 17.30 h. – Apostolado de Oração;
 - Às 17.30 h. – Encerramento.

IN Folha Paroquial

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Hoje é dia dezasseis de outubro, terça-feira da vigésima oitava semana do Tempo Comum.

Caríssimos não resisti a partilhar

"O Senhor está contigo,
partilha a alegria dos teus sucessos
e ampara-te nos passos mal andados.
Entrega-Lhe os teus medos,
os sofrimentos, os problemas materiais, as desilusões...
Deus não vai fazer que isso desapareça,
mas estará sempre a teu lado,
caminhando contigo,
animando-te a continuar.
E, de vez em quando, até pode surpreender-te,
removendo alguma pedra do teu caminho.
Confia no Senhor... e começa assim a tua oração."

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 11, 37-41]

Depois de Jesus ter falado,
um fariseu convidou-O para comer em sua casa.
Jesus entrou e tomou lugar à mesa.
O fariseu admirou-se,
ao ver que Ele não tinha feito as abluções antes de comer.
Disse-lhe o Senhor:
«Vós, os fariseus, limpais o exterior do copo e do prato,
mas o vosso interior está cheio de rapina e perversidade.
Insensatos! Quem fez o interior não fez também o exterior?
Dai antes de esmola o que está dentro
e tudo para vós ficará limpo».

"Depois de Jesus ter falado, um fariseu convidou-O..." Imediatamente antes desta
passagem que acabaste de escutar, Jesus tinha dito que a tua vida tem de ser candeia
para os outros, o que só pode acontecer se tiveres o coração cheio de luz. O modo como
estás na vida constitui uma radiografia daquilo que levas dentro de ti.
És luz ou trevas, junto daqueles com quem te cruzas?

Jesus sentou-Se à mesa sem fazer as abluções previstas numa lei que se multiplicava em
requisitos. Será que Jesus o faz propositada e provocatoriamente para te chamar a
atenção para o essencial?
Como vai a tua relação com o pensamento da moda, o política e religiosamente correto?
Onde colocas a ênfase?

Escuta novamente o Evangelho. Presta atenção às palavras de Jesus e deixa-te
questionar sobre o que levas no teu interior.

Pede ao Senhor a graça da transparência, de uma vida cheia de Deus, em que alimentes
devidamente a tua vida interior; pede-Lhe a graça duma existência radiosa,
testemunhando a sua vida em ti.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.
Passo a Rezar

sábado, 13 de outubro de 2018

Preparar Eucaristia - XXVIII Domingo TC 14-10-2018

LEITURA I Sab 7, 7-11
«Considerei a riqueza como nada, em comparação com a sabedoria»

A sabedoria é um dos temas mais queridos de certas épocas e de certos povos, como o era na época em que foi escrito o livro donde é tirada esta leitura. A sabedoria é, na Sagrada Escritura, um dom de Deus, que leva o homem a saber apreciar e interpretar a vida e os acontecimentos segundo o pensamento e os critérios de Deus, que Ele mesmo nos revela. É esta sabedoria que nos há-de levar a compreender as palavras de Jesus que vamos depois escutar no Evangelho.

Leitura do Livro da Sabedoria
Orei e foi-me dada a prudência; implorei e veio a mim o espírito de sabedoria. Preferi-a aos ceptros e aos tronos e, em sua comparação, considerei a riqueza como nada. Não a equiparei à pedra mais preciosa, pois todo o ouro, à vista dela, não passa de um pouco de areia e, comparada com ela, a prata é considera¬da como lodo. Amei-a mais do que a saúde e a beleza e decidi tê-la como luz, porque o seu brilho jamais se extingue. Com ela me vieram todos os bens e, pelas suas mãos, riquezas inumeráveis.
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL Salmo 89 (90), 12-13.14-15.16-17 (R. 14)
Refrão: Saciai-nos, Senhor, com a vossa bondade
e exultaremos de alegria. Repete-se

LEITURA II Hebr 4, 12-13
«A palavra de Deus é capaz de discernir os pensamentos e intenções do coração»

Esta leitura faz a apresentação de certos aspectos da Palavra de Deus. Ela é palavra eficaz: realiza sempre aquilo que diz. Ela não é apenas um som que se ouve: ela penetra até ao mais fundo do coração, e só ela é capaz de pôr o homem, no seu íntimo, diante da verdade total. Ela tudo ilumina e não deixa que haja esconderijos nem disfarces; ela é como o olhar de Deus: tudo penetra e tudo ilumina.

Leitura da Epístola aos Hebreus
A palavra de Deus é viva e eficaz, mais cortante que uma espada de dois gumes: ela penetra até ao ponto de divisão da alma e do espírito, das articulações e medulas, e é capaz de discernir os pensamentos e intenções do coração. Não há criatura que possa fugir à sua presença: tudo está patente e descoberto a seus olhos. É a ela que devemos prestar contas.
Palavra do Senhor.

EVANGELHO – Forma breve Mc 10, 17-27
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos

«Vende o que tens e segue-Me»

A vida segundo o Evangelho não é um negócio, não se lhe deitam cálculos como quem olha para a sua conta no banco. É antes a resposta de fé à Palavra de Deus. E um dos obstáculos que mais frequentemente impede de compreender e responder prontamente à Palavra de Deus são os bens da terra. Só a sabedoria de Deus nos poderá trazer a luz necessária para aceitarmos, com fé e esperança, a palavra do Senhor, que é a palavra da salvação.

Odres Nuevos
Naquele tempo, ia Jesus pôr-Se a caminho, quando um homem se aproximou correndo, ajoelhou diante d’Ele e perguntou-Lhe: «Bom Mestre, que hei-de fazer para alcançar a vida eterna?». Jesus respondeu: «Porque Me chamas bom? Ninguém é bom senão Deus. Tu sabes os mandamentos: ‘Não mates; não cometas adultério; não roubes; não levantes falso testemunho; não cometas fraudes; honra pai e mãe’». O homem disse a Jesus: «Mestre, tudo isso tenho eu cumprido desde a juventude». Jesus olhou para ele com simpatia e respondeu: «Falta-te uma coisa: vai vender o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no Céu. Depois, vem e segue-Me». Ouvindo estas palavras, anuviou-se-lhe o semblante e retirou-se pesaroso, porque era muito rico. Então Jesus, olhando à sua volta, disse aos discípulos: «Como será difícil para os que têm riquezas entrar no reino de Deus!». Os discípulos ficaram admirados com estas palavras. Mas Jesus afirmou-lhes de novo: «Meus filhos, como é difícil entrar no reino de Deus! É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no reino de Deus». Eles admiraram-se ainda mais e diziam uns aos outros: «Quem pode então salvar-se?». Fitando neles os olhos, Jesus respondeu: «Aos homens é impossível, mas não a Deus, porque a Deus tudo é possível».
Palavra da salvação.

Abertura do Ano Missionário especial em Arouca - Diocese do Porto

O Secretariado diocesano das Missões do Porto em colaboração com os Institutos Missionários ad Gentes (ANIMAG) está a promover em toda a diocese um trabalho pastoral de consciência e responsabilidade missionária de todo o povo de Deus.
(...)
Esta semana tem também um alcance mais amplo porque na Eucaristia de encerramento no dia 14 de Outubro no pavilhão da escola secundária de Arouca presidida pelo Senhor Bispo vai ser inaugurado o Ano Missionário a nível diocesano com a entrega da luz a todas as vinte e duas Vigararias da diocese

Tudo está a ser mobilizado para que haja representações de todas as vigararias para que toda a diocese entre toda ela em atitude e estado de Missão.

O compromisso assumido pelos padres, diáconos e leigos comprometidos na sua preparação e difusão dos programas é já indício de empenho missionário.

A proposta feita pelos nossos bispos na sua Nota pastoral para no Ano Missionário em que sugerem que cada cristão se disponha a sair para outra comunidade, ou mesmo para outras fronteiras de Missão, vai já ser ensaiada nesta semana missionária.

Cada grupo ou comunidade é convidada a ter o encontro missionário noutro espaço diferente do seu de modo a criar itinerância missionária ao longo desta semana. A Missão faz-se com experiências pequenas que devem depois assumir contornos de maior visibilidade à medida que a paixão pelo anúncio do Evangelho nos encher o coração.

Folha Paroquial - Domingo 14-10-2018


Para leres




sexta-feira, 12 de outubro de 2018

1ª Letra E - Eucaristia - E - Encarnação

Vou partilhar convosco durante 10 semanas uma proposta resumida do livro "Ficai connosco Senhor" da XXII Semana Biblica Nacional em 2000"

"a proposta ajuda a re-descobrir a E-U-C-A-R-I-S-T-I-A como a maior riqueza da Igreja, o dom maior da Santíssima Trindade. Partindo de cada uma das suas 10 letras, como ponto de arranque para o estudo, celebração e testemunho de outras tantas dimensões da vida cristã. E, assim eucaristizar" a vida. Tendo sempre a Eucaristia como fonte e como meta"

Dizer "Eucaristia"é dizer agradecimento, ação de graças. Como quem diz em portugues corrente: " Muito obrigada Senhor" Tal atitude de gratidão tem inicio na Encarnação, pois " Tanto amou Deus o mundo, que lhe entregou o seu Filho Unigénito" (Jo 3, 16)

A Eucaristia é presença e comunhão da vida d'Aquele que nasceu para nós de Maria por obra do Espirito Santo, para revelar e dar toda a salvação;
- é celebração do amor do Pai, da obra do Filho e da fusao do Espirito Santo no mistério pascal;
- é o constante ponto de partida para a evangelização e missão, para que todos os filhos de Deus dispersos pelo mundo possam sentar-se à mesa do unico Pai de todos;
- é convite à conversão e à fraternidade universal, à paz com todos, ao exercicio da verdadeira liberdade, ao respeito pela criação

"Felizes os convidados para o banquete das núpcias do Cordeiro" (p 19,9)


oração
Senhor nosso Pai,
que de um modo admirável criaste o ser humano
e de um modo ainda mais admiravel o renovastes,
fazer que possamos participar na vida divina do vosso Filho
que dignou assumir a nossa natureza humana"
(Missal Romano: Natal do Senhor, p. 141)

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Portugal: Semana Nacional da Educação Cristã desafia a testemunhar a santidade e a alegria

Dou graças a Deus!

Portugal: Semana Nacional da Educação Cristã desafia a testemunhar a santidade e a alegria: A nota pastoral ‘Ser Feliz é Ser Santo’ incentiva a “uma felicidade que compromete em transformar o mundo” e sublinha a “importância” da abertura “aos outros


1. A felicidade proposta por Jesus

Ser feliz é o que todos nós mais desejamos.

E Deus, que nos criou para sermos felizes, revela-nos que a felicidade se alcança fazendo o que Lhe dá glória e nos dignifica como seres humanos. Nesse sentido chamou também à santidade. “Sede santos, porque Eu sou Santo” (1Ped 1,16).

Clipe Oficial JMJ Panama 2019 | "Faça-se em mim a Tua Palavra"

Já conheçesses a versão do hino oficial da JMJ Panamá 2019

Ásia: Fátima tem uma «relevância muito grande» para o povo oriental

Ásia: Fátima tem uma «relevância muito grande» para o povo oriental

(...)“Fátima é muito querida ao povo oriental, não só ao povo japonês e não só chinês mas oriental em geral”, realçou o religioso que esteve em missão mais de dez anos no Japão

O padre Adelino Ascenso foi ordenado sacerdote na Sociedade Missionária da Boa Nova, a 21 de fevereiro de 1998, na Sé de Leiria, e partiu para o Japão – Paróquia de Fuse, Diocese de Osaka, tendo regressado a Portugal, em julho de 2014, com um interregno, entre 2004 e 2008, para estudar Teologia Fundamental, em Roma.

O bispo de Hiroxima vai presidir à Peregrinação Internacional Aniversária ao Santuário de Fátima, esta sexta-feira e sábado, dias 12 e 13 de outubro, que evoca a última Aparição de Nossa Senhora aos pastorinhos em 1917.

“Tem uma relevância muito grande. O povo japonês valoriza muito a dimensão maternal de Deus, e aqui, naturalmente, eles veneram muito a Virgem Maria pela sua dimensão materna”, observou o missionário."
(...)

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

6º ano da catequese e as Catequeses da Fé

O site do Secretariado da Catequese da Diocese do Porto anuncia:

" Como pode verificar, o catecismo do 6º ano propõe menos encontros de catequese que os catecismos dos outros anos. Esta particularidade surge pelo facto de que este deverá ser completado com um itinerário específico de preparação para a Profissão de fé: “Catequeses da fé”.

Assim, o Catequista deverá adquirir não somente o guia do 6º ano como, também, o manual “Catequeses da fé”. O itinerário de preparação para a Profissão de Fé também pode ser implementado no 7º ano.

Como planificar o ano catequético a partir do catecismo do 6º ano com as “catequeses da fé”? Material:

Como orientar as catequeses da Fé, Jornadas Nacionais de catequistas de 2013
Uma proposta de caminhada se preparação para a profissão de fé

Material do 6 ano

domingo, 7 de outubro de 2018

Pais os primeiros catequistas!

Desculpem pais insistir mas é tão importante dialogar, questionar, descobrir qual o caminho...
que projeto...

Blogue 5 ESTRELAS vai conhecer
clica abaixo


Festa da Nossa Senhora do Rosário 07-10-2018


Queria falar-vos da alegria da Festa que Celebramos hoje e vagueando pelo net encontrei esta homilia de D António Marto de 2016 e não resisti em partilhar convosco

"Celebramos hoje a festa da Bem-Aventurada Virgem Maria, Senhora do Rosário, à qual é dedicado, de modo especial, este mês de outubro.

A imagem tradicional de Nossa Senhora do Rosário representa Maria que com um braço ampara o Menino Jesus e com o outro apresenta a coroa do rosário a São Domingos. Esta iconografia é muito significativa: mostra que o rosário é um meio oferecido pela Virgem para contemplar Jesus e, meditando a sua vida, amá-lo e segui-lo sempre fielmente. Foi a recomendação que Nossa Senhora deixou aqui em Fátima há quase 100 anos. Aos três pastorinhos Lúcia, Jacinta e Francisco, apresentando-se como "Nossa Senhora do Rosário" recomendou com insistência que se recitasse o rosário todos os dias, para obter o fim da guerra e alcançar a paz.


Como é bela a iconografia que nos apresenta a Senhora do Rosário como Mãe de Ternura que nos convida a deixarmo-nos guiar por ela na meditação dos mistérios de Cristo. Estes mistérios (gozosos, luminosos, dolorosos e gloriosos) trazem à nossa vida o gozo da presença de Deus connosco e das suas bênçãos; a luz de Deus que brilha em nós e ilumina os nossos caminhos; a sua misericórdia e compaixão com as nossas dores; a esperança gloriosa da ressurreição que abre horizontes novos de confiança na bondade e na beleza da vida a caminho da plenitude. Com o rosário, dia após dia, somos ajudados a assimilar o evangelho de modo a enformar toda a nossa vida.

Como é bela a Senhora do Rosário que em Fátima se apresenta como Mãe de Misericórdia e Rainha da paz que acompanha os sofrimentos dos filhos e lhes oferece o seu Imaculado Coração como refúgio e garantia do triunfo do amor nos dramas da história, pedindo-lhes a colaboração com a recitação do terço, para os envolver na construção da paz.

Também nós queremos acolher a riqueza materna da Virgem, comprometendo-nos a recitar com fé o terço pela paz nas famílias, nas nações e no mundo inteiro.

O senhor bispo D. Alberto colocou a sua vida e o seu episcopado sob o olhar de Maria e era grande devoto do rosário. Tinha uma confiança de entrega filial a Nossa Senhora, que expressa numa oração muito bela e comovente do seu testamento:"


“Mãe, peço-te humildemente perdão de não ter correspondido... Ajuda-me a ser todo teu, a ser todo para ti, no ser e no agir. Nada quero pensar sem ti, nada quero fazer sem ti, nada e a ninguém quero amar sem ti. Todo para ti, a fim de ser todo para Jesus e por Jesus ser todo para o Pai no Espírito Santo... Agradeço à Trindade Beatíssima as maravilhas que em ti realizou a favor de mim e a favor de todos os homens. Que seria da humanidade sem ti! Que seria de mim sem ti! Embora, por minha incapacidade, eu não chame por ti, não me largues um só instante. Ainda que eu me esqueça de ti, não te esqueças tu de mim. Filho mais débil, mais necessidade tem da tua presença, do teu carinho, do teu sorriso de Mãe”. Ámen!

Festa de Nossa Senhora do Rosário